Terceirização é Escravidão!

17457757_740560676121335_2933001081241023798_n

O Brasil é um dos países mais peritos em querer implementar aqui coisas implementadas há anos ou até décadas em outros países e que já redundaram em incontáveis problemas. Do âmbito econômico ao social e ao moral, tudo que não presta e dá errado em outros países vem para cá também.

Agora é a terceirização irrestrita, o equivalente do “outsourcing” americano, misturado com elementos do “zero-hour contract” britânico. Duas coisas, aliás, que têm despertado incômodo e insatisfação nos trabalhadores do Primeiro Mundo e que têm alimentado parte do apoio a políticos populistas.

Quem vive no mundo real do Brasil, porém, já está cansado de saber o que realmente vai ser gerado com essa terceirização irrestrita.

Empresários, principalmente os grandes, economizarão. Vão surgir cadeias incontáveis de empresas “intermediárias” que não prestam qualquer serviço além do de contratar outras empresas (que por sua vez contratam outras empresas, que contratam outras empresas…), criando tamanho distanciamento que, em situações sérias ou de larga escala, fomentam a irresponsabilidade e dificultam a solução de problemas.

Basta que se estude o modo pelo qual a terceirização irrestrita aplicada no complexo militar-industrial contribuiu para a desgraça que foi a administração americana do Iraque pós-Saddam, para que se chegue a conclusões definitivas sobre o assunto.

No Brasil mesmo, quem trabalha e lida diretamente com essa divisão contratado/terceirizado sabe: o terceirizado recebe menos. O terceirizado tem seus direitos violados com maior facilidade. O terceirizado tem maior dificuldade de conseguir cobrar seus direitos, de levar o seu empregador à justiça e receber o que lhe é devido.

O resultado final da terceirização será a precarização do trabalho, a redução média da renda e tudo isso em uma época de crise e de alta do custo de vida, tudo enquanto o “topo” enriquecerá mais com as economias dessa terceirização.

Este ultraje não pode ser tolerado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s